terça-feira, 18 de setembro de 2018

Ginecomastia masculina: como tratar

Fala, pessoal! Hoje vou falar um pouco sobre ginecomastia masculina.

Muitos homens se sentem incomodados e até mesmo constrangidos em conversar sobre esse assunto, então resolvi explicar como fazer o tratamento.

ginecomastia masculina

Bem… mesmo tendo um nome um pouco estranho, a ginecomastia não é tão incomum, pois trata-se de problema que afeta grande parte da população masculina.

Como grande partes das doenças que assolam os homens, a ginecomastia ainda é alvo de muitos preconceito, e a maioria dos caras acaba não gostando de falar sobre isto.

Eles preferem sofrer calados a buscar uma solução para o problema. Pesado, né?

Porém, caso você nunca tenha ouvido falar sobre esta dificuldade, ou acha que pode estar sofrendo com ela, eu separei algumas informações fundamentais que podem te ajudar a entender mais sobre a ginecomastia masculina.


O que é ginecomastia masculina?

A ginecomastia masculina é um problema que se desencadeia nas mamas dos homens, podendo ser benigno e até mesmo maligno.

Ela se caracteriza por um aumento anormal das mamas em homens, podendo alguns até mesmo serem hermafroditas.

Neste caso, o crescimento mamário se desenvolve principalmente nos momentos de alteração hormonal do corpo, durante a puberdade.

Quando há apenas acúmulo de gordura localizada na região, como é bastante normal acontecer, essa inconsistência recebe o nome de pseudoginecomastia.

Entretanto, no caso de haver ginecomastia masculina, ela se desenvolve em decorrência de alguma patologia ou quando há algum problema hormonal, como a falta de testosterona no corpo.

A partir deste cenário, o corpo do homem passa a produzir mais hormônio feminino (estrogênio) do que o próprio hormônio masculino (testosterona).


Causas da ginecomastia masculina

causas ginecomastia masculinaEntão, a ginecomastia masculina ocorre principalmente quando há um desequilírio hormonal no organismo.

O corpo do homem passa a produzir em excesso o hormônio errado, no caso o feminino, e produz em menor quantidade o masculino.

Este problema acaba afetando as mamas e fazendo com que elas se desenvolvam mais que o normal.

No geral, a ginecomastia se desenvolve mais em adolescentes, na faixa dos 14 e 15 anos de idade, e na maioria dos casos (cerca de  75%) o crescimento se dá nas duas mamas.

Porém, caso você seja um jovem e percebeu alguma alteração diferente nos peitos, pode ficar tranquilo, pois em grande parte das situações ela desaparece na fase final da adolescência.

Nessa etapa da vida, inclusive, a ginecomastia pode ser considerada como uma transformação normal do corpo, assim como crescer barba, por exemplo.

Por outro lado, se o homem já é adulto e tem sua estrutura corporal definida, é bom ficar atento e procurar orientação médica.

Para quem gosta de tomar anabolizantes, eu deixo o meu alerta: essas substâncias que muitas vezes são ingeridas sem qualquer cuidado podem levar ao crescimento desordenado do peito do homem.

Se você quiser ganhar mais massa muscular pra ficar grande, é melhor tomar suplementos como Whey Protein.


Sintomas de ginecomastia masculina

ginecomastia masculina sintomas

A ginecomastia masculina nos casos benignos não apresenta maiores problemas que o crescimento anormal das mamas.

Contudo, sabemos que ela pode afetar a autoestima e a qualidade de vida de muitos homens.

Mas, em casos mais extremos da doença, é possível observar sintomas como:

  • Excesso e acúmulo de gordura na região das mamas.
  • Sensibilidades e dor nas mamas.
  • Coceira.
  • Crescimento anormal das mamas.
  • Fluxo de leite, galactorreia, em casos mais graves.

Ao perceber estes sintomas e o crescimento anormal, o recomendado é procurar imediatamente atendimento médico para realizar exames hormonais.


Qual médico trata ginecomastia masculina?

Agora um fato que você deve se atentar, já que para um diagnóstico correto e um tratamento eficaz, é preciso buscar ajuda médica correta.

Como a ginecomastia masculina é desencadeada por problemas hormonais, o médico que você deve procurar é o endocrinologista.

Entretanto, você também pode procurar um cirurgião plástico ou até mesmo um mastologista (médico especialista em mamas).


Quais são os principais tratamentos para ginecomastia masculina

ginecomastia masculina

O tratamento mais indicado para reverter a ginecomastia masculina é tomar medicamentos para controlar e regular a produção hormonal.

Caso os remédios não façam efeito, o próximo passo é a cirurgia para deixar as mamas do tamanho normal, ou conforme o paciente desejar.

Entretanto, caso você esteja acima do peso, será preciso emagrecer antes do procedimento cirúrgico, assim é possível ter mais segurança e uma noção melhor do problema. Um dos métodos recomendados e reconhecidos para perder peso é o Slim Power funciona.

A ginecomastia masculina é um problema que vai além da saúde e a autoestima dos homens, podendo até mesmo desencadear uma depressão.

Por este motivo, caso você perceba que suas mamas não estão do tamanho adequado, ou se você estiver sentindo alguns dos sintomas que mostrei acima, não tenha vergonha e procure ajuda médica.

Não sofra calado. Peça ajuda, pois será muito melhor pra você. 😉

O post Ginecomastia masculina: como tratar apareceu primeiro em Henrique Pazin - Conhecido como "HP" - Viajante & Workaholic Man.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Stop Ronco funciona mesmo?

Confira neste post meu depoimento pessoal onde revelo se  Stop Ronco funciona de verdade ou se é apenas mais um aparelho para parar de ronc...